top of page
  • Foto do escritorelos

Com ritmo e leveza, tudo flui.


Neste momento de recomeço é muito saudável traduzirmos desejos em planos, a fim de orientar nossa caminhada em direção ao que queremos conquistar e construir ao longo do ano. Mas o fato é que muitas ações previamente planejadas acabam não saindo do papel, não é verdade?


Para entendermos a possível causa desse fenômeno recorrente, devemos navegar pelas etapas que antecedem e que sucedem a elaboração dos planos. Em geral, nossa vontade de realizar está associada a alguma necessidade não atendida, o que varia de um indivíduo para outro, e também do grau de consciência sobre ela. Desta forma, as ações que buscam viabilizar os planos também variam, podendo ser menos ou mais assertivas.


Olhando mais à frente, diversas vezes simplesmente não conseguimos colocar a ação em prática, não havendo em nós a força suficiente para concretizar o almejado. Somos tomados por uma certa apatia, às vezes associada à falta de autoestima ou de coragem para sairmos de contextos em que já estamos acomodados. Com isso, o desejo primeiro vira plano, mas depois se transforma em frustração.


Uma solução seria buscarmos maior consciência sobre o que faz sentido ou não, sobre o que queremos de fato ou não, ampliando a conexão de nossas escolhas com o que valorizamos. Por outro lado, é preciso revermos nossas rotinas, priorizando energia e tempo para praticar o que foi idealizado. Afinal, manter a rotina em paralelo com um novo plano não precisa ser sofrido.


Como estão seus planos para 2023? Ponha ritmo e leveza que tudo flui!

Vai lá e seja feliz!!!

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page